Polícia Civil indicia pai que deixou bebê em coma com coque na cabeça em Patos de Minas

Minas Gerais

A Polícia Civil indiciou nesta segunda-feira (26) um pai que teria agredido uma bebezinha em 2018, em Patos de Minas. Ele desferiu um coque na cabeça da criança, na época com 8 meses, fazendo com que ela desfalecesse. Ele deve responder por lesão corporal de natureza grave.

De acordo com o Delegado Luiz Mauro Sampaio, o pai da criança, após lhe dar banho e pelo fato de ela chorar, veio a desferir um coque na cabeça dela, causando naquele dia danos neurológicos e físicos.

O delegado informou que, após desferir tal agressão, o suspeito, vendo que a criança havia desfalecido, buscou auxílio médico.  A polícia civil procura a mãe da criança para poder realizar laudo complementar de lesão corporal.



O pai foi indiciado pelo Art. 129, parágrafo 2º, inciso III, ou seja, lesão corporal de natureza grave por perda ou inutilização do membro, sentido ou função. A pena é de de 2 a 8 anos de reclusão.

PATOS HOJE



Redação
Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.