Guarda-Mor está entre as cidades da região que irão receber mais de R$ 2,6 milhões para assistência a gestantes e puérperas na pandemia

Guarda-mor

Setenta e seis municípios do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas Gerais vão receber R$ 2.621.620,42 em recursos para o desenvolvimento de ações estratégicas de apoio à gestação, pré-natal e puerpério durante o período de pandemia da Covid-19. O incentivo financeiro foi liberado pelo Governo Federal por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) na última segunda-feira (19). (Veja abaixo quanto cada cidade vai receber).

O recurso tem o objetivo de fortalecer e garantir o cuidado com as gestantes e puérperas – mulheres que tiveram filhos há pouco tempo – e aprimorar a busca e monitoramento de casos com suspeita de síndrome gripal, síndrome respiratória aguda grave e casos suspeitos ou confirmados de coronavírus.



Os dados vão permitir a atualização e organização dos serviços, estruturação e diferenciação do fluxo do ambiente interno das unidades de saúde para o acolhimento, identificação, estratificação de risco e atendimento das mulheres.

Ao todo, o Ministério da Saúde vai liberar mais de R$ 247 milhões para cidades de todas as regiões brasileiras. A liberação é temporária e será repassada ao municípios em parcela única.

O G1 entrou em contato com as prefeituras dos principais municípios para saber se há previsão para chegada do financiamento e aguarda retorno.



Ações de assistência à gestação, pré-natal e puerpério

Entre as ações estratégicas de apoio à gestação, pré-natal e puerpério estão:

Identificação e monitoramento gestantes e puérperas com síndrome gripal, síndrome respiratória aguda grave ou com suspeita ou confirmação da Covid-19;



Ações qualificadas de atenção ao pré-natal, parto e puerpério em todos os pontos da rede de atenção à saúde, no contexto da pandemia da Covid-19;

Suporte ao distanciamento social para gestantes e puérperas que não tenham condições para realização de isolamento domiciliar;

Qualificação das ações de atenção ao pré-natal odontológico realizadas na Atenção Primária à Saúde (APS).



Entenda a divisão de valores

Cada ação tem um valor fixo para implementação, que varia apenas no valor total a ser recebido por cada município. Veja abaixo:

1.Ação de identificação e monitoramento: valor de R$ 8,50 por gestante cadastrada com primeiro atendimento no Sistema Nacional de Informação da Atenção Básica (Sisab), referente à competência de janeiro a dezembro de 2020, do Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES);



2. Ações qualificadas de atenção ao pré-natal, parto e puerpério: valor de R$ 800 por cada equipe de Saúde da Família (eSF) ou de equipe de Atenção Primária (eAP) credenciada e homologada até a competência financeira dezembro de 2020 pelo Ministério da Saúde, que conte com gestante cadastrada em qualquer idade gestacional;

2.Suporte ao distanciamento social para gestantes e puérperas que não tenham condições para realização de isolamento domiciliar:

Valor de R$ 80 referente ao dia para suporte ao distanciamento social, por gestante cadastrada com 28 semanas ou mais no Sisab na competência de janeiro a julho de 2020, limitado ao quantitativo de 5% do total de gestantes cadastradas, e ao quantitativo de 90 diárias por gestante ou puérpera;



 Valor de R$ 10 mil, multiplicado por três competências, por Casa de Gestantes, Bebês e Puérperas habilitadas e implantadas, com a finalidade de adequação das ações de isolamento e distanciamento social de gestantes e puérperas;

Gestantes acompanhadas com exames avaliados até 20ª semana de acordo com os registros no Sisab multiplicado pelo valor de R$ 49,86, multiplicado por 2, que equivalem a duas competências financeiras;

4. Qualificação das ações de atenção ao pré-natal odontológico realizadas na APS: valor de R$ 1.290 por cada Equipe de Saúde Bucal (eSB) com carga horária de 40 horas e R$ 645 por cada eSB com carga horária diferenciada credenciadas e homologadas pelo Ministério da Saúde até a competência financeira março de 2021, com a finalidade de organização dos processos de trabalho das eSB para atendimento odontológico das gestantes que realizam acompanhamento pré-natal na APS.



Confira quanto cada municípios do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste vai receber

Tabela de cidades e valor total a receber

MunicípioValor total do repasse
Abadia dos DouradosR$ 11.745,50
Água CompridaR$ 9.559,72
AraguariR$ 70.235,36
AraporãR$ 12.452,00
ArapuáR$ 9.392,00
AraxáR$ 39.680,94
Brasilândia de MinasR$ 23.315,54
Cachoeira DouradaR$ 9.468,50
Campina VerdeR$ 10.285,60
Campo FloridoR$ 22.548,92
Campos AltosR$ 11.583,16
CanápolisR$ 16.906,32
CapinópolisR$ 20.214,52
Carmo do ParanaíbaR$ 48.177,18
CarneirinhoR$ 13.536,38
Cascalho RicoR$ 9.358,00
CentralinaR$ 14.079,72
Comendador GomesR$ 8.238,00
Conceição das AlagoasR$ 43.476,02
ConquistaR$ 13.884,40
CoromandelR$ 23.132,50
Cruzeiro da FortalezaR$ 11.507,50
DeltaR$ 14.856,68
DouradoquaraR$ 9.650,94
Estrela do SulR$ 11.609,50
FronteiraR$ 16.240,00
FrutalR$ 17.521,00
GrupiaraR$ 9.375,00
Guarda-MorR$ 13.407,32
GuimarâniaR$ 13.852,50
GurinhatãR$ 13.932,94
IbiáR$ 23.022,80
IndianópolisR$ 14.317,10
IpiaçuR$ 10.917,82
Iraí de MinasR$ 10.379,00
ItapagipeR$ 12.965,22
ItuiutabaR$ 59.027,24
IturamaR$ 33.577,54
João PinheiroR$ 62.702,52
LagamarR$ 13.277,54
Lagoa FormosaR$ 35.609,26
Lagoa GrandeR$ 14.678,04
Limeira do OesteR$ 13.457,74
MatutinaR$ 10.875,32
Monte Alegre de MinasR$ 21.346,06
Monte CarmeloR$ 42.832,90
Nova PonteR$ 29.866,50
ParacatuR$ 98.548,00
Patos de MinasR$ 170.427,00
PatrocínioR$ 35.685,50
PedrinópolisR$ 9.599,94
PerdizesR$ 18.107,44
PirajubaR$ 10.419,26
PlanuraR$ 10.368,22
PrataR$ 26.034,92
PratinhaR$ 8.713,38
Presidente OlegárioR$ 26.308,48
Rio ParanaíbaR$ 16.197,50
RomariaR$ 15.766,50
SacramentoR$ 31.843,22
Santa JulianaR$ 16.714,94
Santa Rosa da SerraR$ 9.655,50
Santa VitóriaR$ 20.408,50
São Francisco de SalesR$ 8.008,50
São Gonçalo do AbaetéR$ 13.933,08
São GotardoR$ 68.754,86
Serra do SalitreR$ 15.525,00
TapiraR$ 8.059,50
TirosR$ 13.018,60
TupaciguaraR$ 29.225,36
UberabaR$ 261.823,44
UberlândiaR$ 639.124,16
União de MinasR$ 9.392,00
Varjão de MinasR$ 15.236,42
VazanteR$ 23.079,60
VeríssimoR$ 9.568,22
TotalR$ 2.621.620,24

Fonte: Ministério da Saúde



G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *