Servidora que recebeu uma das primeiras doses da vacina em Paracatu está infectada por Covid

Minas Gerais

O Hospital Municipal de Paracatu está no limite da lotação de leitos destinados ao tratamento da covid-19, tanto de pacientes de Paracatu como de outras cidades. Entre esses pacientes está uma Técnica em Enfermagem que, até então, trabalhava na linha de frente do tratamento a infectados com covid.

A servidora foi uma das primeiras a ser vacinada, logo que a primeira remessa de imunizantes chegou à Paracatu. Porém, segundo familiares, poucos dias depois ela começou a apresentar sintomas e foi internada no último sábado com exame PCR positivo para covid. O estado de saúde da técnica em enfermagem teve piora expressiva e ontem (09/02) ela foi transferida para a UTI.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde segue duas linhas de investigação sobre o caso.

A primeira busca compreender se a profissional já estava infectada assintomática quando recebeu a primeira dose da vacina. Vale lembrar que casos assim têm acontecido em diferentes cidades do país.

A segunda investigação busca compreender se o desenvolvimento da Covid-19 é um evento adverso do imunizante. Assim, não se pode afirmar que foi a vacina que gerou a Covid-19 na técnica de enfermagem.

Mas a resposta já foi dada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que afirma que nenhuma das vacinas usa o vírus Sars-CoV-2 de forma atenuada, o que seria a única possibilidade, ainda que remota, de haver reversão para a forma ativa, contaminando a pessoa vacinada.

Fonte: FM REPÓRTER



Redação
Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *