Acusado de matar o peão de rodeio Edifane Pereira é condenado a 12 anos em regime fechado

Vazante

Éder Mariano de Castro, acusado de matar Edifane Pereira dos Santos, foi condenado a pena de 12 anos em regime fechado. A sessão de julgamento ocorreu na manhã dessa quinta-feira (10/12), no Fórum de Vazante, durando das 9hrs da manhã até perto das 21hrs da noite , A decisão do júri foi unânime.

O crime ocorreu no dia 19 de fevereiro de 2020, em uma fazenda localizada nas regiões da Catirina e Ouro Podre, zona rural do município de VazanteO crime bárbaro, chocou a população de Vazante e região, uma vez que a vítima era muito conhecida no mundo do rodeio. Edifane foi morto com um tiro na cabeça.



O julgamento teve a participação do juiz Rogério Roriz de Castro, do promotor Edón José Rodarte Filho e do auxiliar de acusação, o advogado Alexandre Santos Fonseca.

Rádio Montanheza FM 93,5





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *