GUARDA-MOR: Homem briga com a mulher e se passa por irmão morto




Policiais Militares estiveram em uma residência para registrar uma ocorrência de briga entre ele e a mulher. Ele tem 20 anos e foi preso ontem de manhã por falsidade ideológica.

O fato ocorreu no bairro Veredas, em Guarda-Mor. Na hora de apresentar os documentos ele entregou á polícia uma certidão de nascimento em nome do irmão.



Em consulta ao sistema informatizado a PM descobriu que o dono da certidão morreu em 2015. O rapaz, que foi obrigado a mostrar os seus documentos reais. Ele estava sendo procurado pela justiça de Luziânia/GO. O pedido de prisão preventiva foi expedido pela Juíza Renata Farias Costa Gomes De Barros.

No processo o rapaz é acusado de tráfico de drogas e agora responderá também por falsidade ideológica. Ele foi preso e aguarda transferência para a cidade de Luziânia.



Por determinação administrativa do comando da Polícia Militar de Minas, o nome do homem não foi revelado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *