NEXA EM PARCERIA COM INSTITUTO VOTORANTIM E PROSAS, PROMOVEM CAPACITAÇÃO DE INSTITUIÇÕES DO TERCEIRO SETOR

Brasil

Entre os meses de agosto à novembro, 19 instituições sociais dos municípios de Juiz de Fora, Vazante, Paracatu, Três Marias e Aripuanã vão participar do projeto Aceleração Social, desenvolvido pela Nexa, em parceria com o Instituto Votorantim, executado pelo Prosas. A iniciativa contempla a realização de um curso com foco em elaboração de projetos e governança, tendo o objetivo de apoiar as organizações sociais dos quatro municípios a otimizar práticas de gestão referente a escrita de projetos e ampliar as possibilidades de captação e diversificação de recursos.

Os cursos ministrados no Aceleração Social serão de curta duração, online, com aulas teóricas e práticas sobre elaboração e aplicação de projetos, sustentabilidade financeira e gestão. Além disso, ocorrerão encontros para troca de experiências, onde as instituições que vão participar do projeto poderão trocar ideias e ampliar o networking.

De acordo com Cristiane Holanda, gerente de gestão social da Nexa, o curso visa capacitar as instituições locais para que elas consigam busquem recursos financeiros para seus projetos, advindos de leis de incentivos fiscais. Por meio deste projeto, as instituições que são nossas parceiras terão a oportunidade de apreender a escrever projetos, pleitear recursos no nível estadual ou federal, com outras instituições além da iniciativa privada”, ressalta.



Carlos Alexandre de Oliveira Rodrigues, tesoureiro do Centro Cultural de Benfica, em Juiz de Fora (MG), que está participando do Aceleração Social, destaca que a iniciativa é de grande valia para as instituições sociais da cidade. “O projeto no longo prazo vai trazer diversos benefícios ao Centro Cultural, já que com mais recursos será possível montar novas atrações, proporcionando futuras reformas e melhorando ainda mais esse espaço voltado a promoção cultural local”, diz.

Já Laura Pereira Veloso, assistente social da Casa Bom Pastor, em Três Marias (MG), que também participou do 1º encontro do Aceleração Social, destaca que a iniciativa dará ainda mais longevidade para instituição. “Ao participar do projeto, temos a expectativa de continuar gerando impacto social com ainda mais qualidade e se consolidando na região. No longo prazo, queremos vencer o principal desafio que é ser sustentável”, finaliza.

Fonte: Assessoria / Nexa



Redação
Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.