Sicoob Credivaz promoverá evento de lançamento do novo site e conta digital nesta quarta-feira, 06

Sicoob Credivaz promoverá evento de lançamento do novo site e conta digital nesta quarta-feira, 06

O Sicoob Credivaz promoverá às 20h desta quarta-feira, 06 de dezembro, o lançamento da Conta Digital e do novo site da Cooperativa. O evento, que será realizado no salão da Loja Maçônica, em Vazante/MG, é aberto a toda comunidade e associados.

O novo site da Cooperativa é moderno e traz ao associado a oportunidade de acesso seguro as contas bancárias, bem como transações e informações do Sicoob.

O Sicoob acaba de lançar dois aplicativos, Faça Parte e o Conta Fácil, com o objetivo de oferecer, ao público em geral, novas experiências digitais para incrementar o relacionamento com os atuais e futuros cooperados possibilitando maior conforto e praticidade nas mãos das pessoas.

A inovação permite aos usuários, a total liberdade de abrir uma conta na maior instituição financeira cooperativa do Brasil ou ter acesso a uma conta simplificada que melhor atenda as suas necessidades.

CONTA DIGITAL – CONHEÇA OS NOVOS APPS:

Sicoob Faça Parte

Por meio desse app o usuário pode realizar todo o processo de associação por meio de um smartphone e escolher em qual cooperativa deseja abrir uma conta.

Os processos de abertura de conta corrente são automatizados e são atribuídos os limites de cheque especial e cartão múltiplo (débito e crédito). Após a conclusão da adesão, o novo cooperado pode utilizar o aplicativo Sicoobnet Celular para movimentação da conta.

Com o Faça Parte, todo o processo é digital sem a necessidade de ter que se deslocar a uma agência física. O grande diferencial é que ao inserir o CEP da residência o aplicativo indica a localização da cooperativa mais próxima, pois, no futuro, se precisar de um atendimento pessoal o seu deslocamento será o menor possível.

Os aplicativos foram desenvolvidos de forma intuitiva, em que a navegação das telas é simples e o preenchimento dos campos são muito fáceis. As dúvidas serão respondidas dentro do próprio aplicativo por meio de um chat bot.

Sicoob Conta Fácil

No Conta Fácil, o relacionamento com o usuário é feito somente no ambiente virtual, com um limite de transações sem cobrança de tarifas. Entre as operações estão depósitos, saques, transferências, recarga de celulares e pagamentos de contas – tudo pelo telefone.

Esse app é para quem quer começar a ter um relacionamento financeiro e, a partir dele, o público tem a oportunidade de conhecer o universo Sicoob mesmo sem ser cooperado.

A expectativa com o desenvolvimento dessas duas novas soluções digitais é a conquista de novos cooperados e a inclusão dos jovens e não bancarizados ao sistema financeiro nacional por meio do cooperativismo. A experiência financeira no mundo digital está cada dia mais difundida e utilizada pela sociedade e o aperfeiçoamento dos canais de relacionamento se torna primordial ao oferecer diferentes alternativas de acesso aos serviços financeiros.

Os aplicativos já estão disponíveis para download na Apple Store e Google Play.

 

Cemig lança edital para preenchimento de mais de 100 vagas em nível médio e superior

Cemig lança edital para preenchimento de mais de 100 vagas em nível médio e superior

A Cemig publicou o Edital de Concurso Público 03/2017, para provimento de 109 vagas para funções de nível médio, técnico profissionalizante e de nível universitário para contratação pela empresa sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

As inscrições poderão ser realizadas a partir de 5 de fevereiro e seguem até 12 de março do ano que vem,  pelo site da Fumarc. O valor da taxa de inscrição varia de R$ 50 a R$ 130, de acordo com a função para a qual o candidato irá concorrer. Os salários variam de R$ 2.498,30 a R$ 7.965,00.

As vagas de nível médio oferecidos no edital são para as funções de técnico contábil e técnico de gestão administrativa.

As funções para quem possui o curso de técnico profissionalizante são agente técnico de meio ambiente, técnico de operação de subestações, técnico de planejamento hidroenergético, técnico de projetos e obras civis, técnico de projetos de sistema elétrico, técnico de segurança do trabalho, técnico de sistema elétrico, técnico de sistema elétrico campo, técnico mantenedor eletroeletrônico da geração, técnico mantenedor mecânico da geração, técnico supervisão controle da operação do sistema, técnico supervisão controle do sistema elétrico distribuição, técnico de sistemas eletromecânicos e técnico de telecomunicações.

Para o nível superior, os cargos oferecidos pelo edital são advogado, analista de gestão administrativa, analista de gestão contábil, analista de sistemas de informática, assistente social, geólogo, engenheiro de meio ambiente, engenheiro de planejamento hidroenergético, engenheiro de segurança de barragens, engenheiro de segurança do trabalho, engenheiro de sistema elétrico, engenheiro de sistemas mecânicos e engenheiro de telecomunicações.

O edital completo está disponível no site da Cemig – www.cemig.com.br.

CCJ do senado libera compra de arma de fogo por morador de área rural

CCJ do senado libera compra de arma de fogo por morador de área rural

Moradores da zona rural poderão ser autorizados a adquirir uma arma de fogo para utilizar na segurança de sua família e propriedade. Essa permissão está no PLS 224/2017, do senador Wilder Morais (PP-GO), aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), nesta quarta-feira, 29/11.

A proposta modifica o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/2003), e o relatório é do senador Sérgio Petecão (PSD-AC), que recebeu 11 votos a favor e cinco contrários. Houve uma abstenção. Se não for apresentado recurso para votação pelo Plenário do Senado, o PLS 224/2017 será enviado, diretamente à Câmara dos Deputados.

Exigências

A proposição impõe algumas condições para os residentes na zona rural conquistarem o direito. Além de serem maiores de 21 anos, os interessados precisarão apresentar documento de identificação pessoal, comprovante de moradia e atestado de bons antecedentes.

Essas três exigências já são feitas para quem mora na zona rural e atua como caçador para prover a subsistência de sua família. Mas, nesse caso, o Estatuto do Desarmamento estipula a idade mínima de 25 anos para o caçador de subsistência ter o porte de arma concedido pela Polícia Federal.

“Propomos este projeto visando a assegurar aos residentes em áreas rurais o direito de adquirir uma arma de fogo de uso permitido para utilização em suas propriedades, as quais, não raro, encontram-se a centenas de quilômetros de um posto policial, o que coloca inúmeras famílias à mercê do ataque de criminosos ou, até mesmo, de animais silvestres, não assistindo a elas quaisquer meios de defesa de sua vida e de sua propriedade”, explicou Wilder na justificação do projeto.

Apesar de o PLS 224/2017 fixar uma idade menor que a exigida do caçador de subsistência para o morador da zona rural obter a posse da arma, Petecão avaliou que essa distinção deve ser mantida.

“Como não se trata do porte da arma de fogo, mas de mera possibilidade de aquisição, entendemos que o requisito de idade mínima pode ser reduzido para as pessoas com mais de 21 anos”, argumentou o relator.

Por meio de sua emenda, Petecão tratou apenas de ajustar o texto do Estatuto do Desarmamento para permitir que os residentes em áreas rurais possam conseguir o direito à posse de arma de fogo com menos idade.

Arma branca

Na mesma reunião, a CCJ também aprovou projeto que tipifica o crime de porte de arma branca (faca, canivete e estilete). A proposta prevê pena de até três anos de detenção.

“Constitui crime, punível com detenção, de um a três anos, e multa, o porte de artefato perfurante, cortante ou contundente com a finalidade de praticar crime”, diz o texto do projeto, que abre exceção para casos em que o artefato seja destinado para emprego em “ofício, arte ou atividade para o qual foi fabricado”.

Debates

O parecer foi aprovado após longo debate. Os defensores da iniciativa alegaram que moradores rurais não dispõem de qualquer meio de defesa diante de ataques de criminosos. Além disso, o projeto autoriza apenas a posse e não o porte da arma.

— Sou contra a arma e trabalhei pelo Estatuto do Desarmamento, mas o Brasil chegou a nível de violência que não dá para calcular. É algo surreal — alegou Magno Malta (PR-ES).

Os parlamentares contrários à iniciativa temem pelo aumento da violência no campo. Além disso, alegam que colocar mais armas nas mãos do povo não vai reduzir a criminalidade.

— Vocês não estão pensando nos efeitos colaterais dessa medida e estão desestruturando uma política correta, prevista no Estatuto do Desarmamento — protestou Lindbergh Farias (PT-RJ).

O projeto ainda precisa ser analisado na Câmara dos Deputados.

FONTE

Presidente e Gerentes do Sicoob Credivaz participam do Coopmix 2017

Presidente e Gerentes do Sicoob Credivaz participam do Coopmix 2017

Foto: Ana Paula, Gerente Vazante, Renata, Gerente Administrativa, Divino Boaventura, Presidente Sicoob Credivaz, Annamélia, Gerente Lagamar, Alberto Ferreira, Presidente Sicoob Central Crediminas, Paulo Rodolfo, Gerente Negócios Sicoob Credivaz, Bruna, Gestora de Produtos e Serviços Sicoob Credivaz e Vitor Hugo, Presidente Sicoob Crediara (Araxá).

O Sicoob Credivaz está sempre atento as inovações e tendências do mercado financeiro. No último fim de semana o presidente da Cooperativa Divino Boaventura, juntamente com o gerente de negócios Paulo Rodolfo Pimentel, as gerentes das agências do Sicoob Credivaz, Ana Paula, Renata e Annamélia, e a gestora de produtos e serviços Bruna, participaram do Coopimix 2017, em Belo Horizonte.

O evento contou com apresentações de profissionais renomados, como: o palestrante Leandro Karnal; o Presidente do Bancoob Marco Aurélio Almada; o ex-presidente da Bombril, Marcos Scaldelai e o proprietário da Sambatech, Gustavo Caetano. Houve dinâmicas para proporcionar aos participantes um treinamento eficaz e que possa ser compartilhado com as equipes de cada cooperativa do sistema Crediminas, visando novas metodologias para o ano de 2018.

O Sicoob teve origem no agronegócio, quando as cooperativas atuavam apenas no segmento de crédito rural. Hoje, a maioria de suas cooperativas atua sob o regime de livre admissão, em que qualquer pessoa pode ser integrante. Com o acesso simplificado da sociedade às cooperativas de crédito, a instituição pode oferecer a um maior número de pessoas produtos e serviços personalizados, além de atendimento mais próximo.

Para o presidente do Conselho de Administração do Sicoob Central Crediminas, Alberto Ferreira, a pauta é pertinente com o momento de mudanças no modelo de gestão organizacional pelo qual o Sistema vem passando. “Com o aumento da competitividade e a constante profissionalização das empresas, tornam-se imprescindíveis a adoção da visão holística, aliada a ações trabalhadas em conjunto e com linguagem sistêmica. O Sicoob Coopmix é o momento ideal para alinharmos esses conceitos e seguirmos em frente com a nossa estratégia de crescimento”, afirmou ao site Cooperativismo de Crédito.

CONFIRA a lista dos aprovados nos 30 cursos do vestibular 2018 da UNIPAM

CONFIRA a lista dos aprovados nos 30 cursos do vestibular 2018 da UNIPAM

O Centro Universitário de Patos de Minas-UNIPAM- divulgou na tarde desta sexta-feira (24) o resultado do vestibular 2018. Os aprovados já comemoram o resultado. As listas dos mais de 7 mil alunos inscritos nos 30 cursos da instituição já podem ser conferidas.

A divulgação aconteceu exatamente às 16h00. Como nos anos anteriores, os cursos mais concorridos foram Medicina e Direito. A ansiedade para conferir o resultado foi grande. Muitos não esperaram a divulgação e às 15h00 já estavam à espera da fixação das listas nos painéis da instituição.

O primeiro lugar geral no Vestibular 2018 do UNIPAM ficou com Jorgianny Richelly Martins Oliveira que se inscreveu para medicina. A nota dela foi 124,5.

CLIQUE AQUI para confirir o resultado do vestibular 2018 do UNIPAM por ordem alfabética!

ARBORE REALIZA TRABALHO DE OBSERVAÇÃO DE PÁSSAROS 2017 NA NEXA – UNIDADE TRÊS MARIAS/MG

ARBORE REALIZA TRABALHO DE OBSERVAÇÃO DE PÁSSAROS 2017 NA NEXA – UNIDADE TRÊS MARIAS/MG

No dia 25 e 26 de outubro de 2017, foi realizada a atividade de Observação de Pássaros na empresa Nexa, em atendimento ao Programa de Educação Ambiental – PEA da Unidade Três Marias – MG.

As atividades foram desenvolvidas em conjunto com o grupo de monitores ambientais da unidade, que receberam conteúdo teórico e desenvolveram atividades práticas em campo, onde puderam registrar em campo mais de 30 espécies de aves nas áreas internas do empreendimento em apenas um dia de busca. Dentre as várias espécies comuns como o Bem-te-vi, Periquitos, Sabiás e Canários dentre outras quase 200 catalogadas no empreendimento e entorno, os monitores também registraram espécies de difícil visualização na região, tais como o Bacurau norte americano, sendo este o primeiro registro dessa espécie nas áreas monitoradas pela Arbore nos últimos 3 anos.

Em um segundo momento, dentro da programação de atividades internas da NEXA, foi realizada a apresentação dos resultados da atividade para funcionários próprios e terceiros da unidade, momento este que contou com a premiação e certificação dos monitores participantes da ação ambiental.

Segundo Márcio Silveira, Biólogo e Diretor Executivo da Arbore Consultoria Ambiental: “Este trabalho, além de prazeroso no que se refere a fotografias na natureza, trás aos participantes uma integração direta com o meio ambiente e possibilita que os monitores e funcionários tenham acesso a informações técnicas acerca da biodiversidade encontrada nas áreas de cobertura vegetal preservadas pelo empreendimento.”