GUARDA-MOR – Indivíduos são presos por usarem aplicativo de carona para transportar drogas

Guarda-mor

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da Delegacia de Polícia da Cidade de Vazante/MG, realizou na tarde dessa quinta-feira (10) duas prisões em flagrante, referentes à investigação iniciada há dois meses, onde integrantes de “grupos de carona” diariamente solicitavam encomendas da cidade de Uberlândia com destino a Guarda-mor. A droga transportada estava abastecendo a referida cidade, bem como a cidade de Vazante.

De acordo com a Polícia Civil, o monitoramento de pessoas suspeitas de usarem os grupos de carona para o transporte de drogas ocorre a algum tempo. Nesta quinta-feira, uma operação foi montada para aguardar a chegada da droga e prender os envolvidos.



O veículo em que estava a droga foi acompanhado pelos investigadores até Guarda-Mor. Nele havia uma passageira, ela era responsável por levar a droga até a cidade, onde seria entregue à outra pessoa. Ao chegar no local de entrega, a mulher e o homem, que receberia a droga, foram presos.

Os autores possuem 24 e 18 anos de idade, ambos são de Guarda-Mor e possuem antecedentes em razão da prática de tráfico de drogas. A mulher reside em Uberlândia. Foram apreendidos aproximadamente 700g de maconha, uma balança e diversos comprimidos de ecstasy.

Após a prisão, eles foram encaminhados para o presídio na cidade de Unaí. Já o motorista do veículo foi liberado. A PC não encontrou evidências do seu envolvimento com o tráfico de drogas.



A Polícia Civil orienta as pessoas a não oferecer carona ou transportar encomendas de pessoas desconhecidas. No caso de tráfico de drogas, além da possibilidade de prisão ou condução à delegacia, o condutor pode responder por transporte ilegal de passageiro.

Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *