Melancias apreendidas em carga de maconha são doadas para entidades

Minas Gerais

Além de combater o crime, a Polícia Rodoviária Federal fez uma boa ação em Patos de Minas. Depois de apreender quase 4 toneladas de maconha nessa segunda-feira (07), a carga de melancia usada para despistar a fiscalização foi doada para duas entidades da cidade: Casa das Meninas e Casa da Acolhida. 

De acordo com informações do Núcleo de Comunicação Social da PRF, por ser uma polícia com o foco na excelência dos serviços prestados aos cidadãos, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) destaca-se não somente nos eficientes resultados no combate ao crime, como também em atividades sociais, contribuindo para uma sociedade mais humana e próspera.



Em ação de combate ao crime nas rodovias mineiras, a PRF apreendeu 3.890 quilos de maconha. Na tentativa de enganar a fiscalização, os criminosos colocaram sobre a droga uma enorme quantidade de melancias. Cientes da responsabilidade social, os policiais entraram em contato com instituições que prestam serviços assistenciais no município e distribuíram a fruta, tão rica em vitaminas e minerais, que será usada como complemento da alimentação dos assistidos.

Entidades beneficiadas



A “Casa das Meninas – Nossa Senhora Aparecida” é uma instituição que tem como objetivo acolher indivíduos com vínculos familiares rompidos ou em situação de vulnerabilidade, a fim de garantir proteção integral à maternidade, infância e velhice.

Uma das dirigentes da Entidade, Juliete Amorim, relatou que a instituição é responsável, no momento, por 14 crianças e/ou adolescentes, 23 idosos e algumas famílias do município. “Vocês nos ajudam muito com essa ação. As melancias irão complementar a alimentação diária que é fornecida aos assistidos, bem como serão distribuídas às famílias que são atendidas pela Casa”, disse a responsável.



A outra instituição que recebeu a fruta, a “Casa da Acolhida”, funciona como abrigo provisório para menores de 0 a 12 anos de idade incompletos em situação de risco social, pessoal ou que não tenham família. Cássia, umas das encarregadas pelo local, informou que a Casa tem hoje 17 crianças sendo atendidas. Ela destacou que a melancia será muito útil para suplementar o que é servido no café, almoço e jantar, além de ser benéfica para fazer vitaminas que as crianças tanto gostam.

Patos Hoje



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *