Carreta do Hospital de Câncer de Barretos atenderá nesta sexta em Presidente Olegário

Carreta do Hospital de Câncer de Barretos atenderá nesta sexta em Presidente Olegário

Os serviços da Unidade Móvel do Hospital de Câncer de Barretos na ação de prevenção de Câncer atenderá em Presidente Olegário nesta sexta-feira (20/10), na sede Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (SINTRASP), localizado na Rua Pimpim Moreira, 490, Bairro Aeroporto.

A ação é desenvolvida pela Associação Olegarense de Apoio de Paciente com Câncer (Assoapac) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e Hospital do Câncer de Barretos. O atendimento a população será de 08h as 16h.

O veículo é uma Unidade Móvel Ambulatorial que tem capacidade para fazer atendimento de prevenção de vários tipos de câncer. De acordo com informações do vereador Januário Dentista, serão realizados 90 atendimentos, 40 para exames de prevenção ao câncer de próstata, para homens de 50 a 69 anos e, 50 para exames de Papanicolau que previne o câncer de colo de útero, para mulheres de 25 a 64 anos.

Ainda, segundo o vereador, será ministrada as 9h00 uma palestra para os alunos do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Padre José André Caldeira Coimbra e para profissionais da saúde de Presidente Olegário. O atendimento será de 08h as 16h.

FONTE: PO NOTICIAS

LAGAMAR: Secretaria de Saúde promoverá semana do Outubro Rosa, veja a programação 

LAGAMAR: Secretaria de Saúde promoverá semana do Outubro Rosa, veja a programação 

A Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Lagamar tem o imenso prazer de convidar a população lagamarense para participar da Semana do Outubro Rosa de 2017!
Durante a próxima semana a secretaria de saúde estará se mobilizando, através das Equipes de Atenção Básica e NASF. A programação está nas imagens abaixo. “Contamos com a participação de todos para a promoção e prevenção, como almejar nossa qualidade de vida e bem estar social,” Secretaria de Saúde de Lagamar.

Campanha de doação de sangue será realizada no dia 21 de outubro em Vazante

Campanha de doação de sangue será realizada no dia 21 de outubro em Vazante

A secretaria municipal de Saúde, em parceria com a Fundação Hemominas e Votorantim Metais, estará realizando uma importante campanha de doação de sangue, onde a população é convidada a participar desta nobre iniciativa, seja sob forma de divulgação em suas respectivas redes sociais, ou pelo efetivo ato da doação de sangue.


A campanha será realizada no dia 21 de outubro, das 7h às 11h, na Policlínica. Mais informações podem ser obtidas na secretaria de Municipal de Saúde, localizada no prédio da Prefeitura de Vazante.


Saiba como pode ser um doador passo a passo:

Passo 1: Veja se está dentro dos requisitos básicos.
• Se você tiver entre 16 e 18 anos incompletos, a doação só poderá ser realizada mediante consentimento dos pais ou responsáveis legais. É possível ainda que o Hemocentro solicite a presença dos pais para a doação. 
• Ter até 69 anos, 11 meses e 29 dias de idade, sendo que a primeira doação deve ter sido feita antes dos 60 anos;
• Ter peso igual ou superior a 50 kg;
• Estar alimentado, mas evite alimentos gordurosos nas três horas que antecedem a doação. Caso seja após o almoço, aguardar duas horas;
• Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas.

Passo 2: Verifique os impedimentos temporários. 
• Estar bem de saúde. Ou seja, se estiver gripado, resfriado, com febre, espere 7 dias após o desaparecimento dos sintomas;
• Período gestacional;
• Período pós-gravidez: 90 dias para parto normal e 180 dias para cesariana;
• Amamentação;
• Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
• Tatuagem e/ou piercing nos últimos seis meses (piercing em cavidade oral ou região genital impedem a doação);
• Não ter feito exames/procedimentos com utilização de endoscópio nos últimos seis meses;
• Comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.

Passo 3: Confira se não está dentro dos critérios definitivos de impedimento. 
• Hepatite após os 10 anos de idade;
• Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, Aids (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas;
• Uso de drogas ilícitas injetáveis;
• Malária.

Passo 4: Encontre o local de doação mais perto de você. 

Passo 5: Contribua para a rede de solidariedade e convide 2 amigos para curtir a Fan Page Doe Sangue e te acompanhar na doação.

Passo 6: Não quebre o ciclo de solidariedade!

Se você for homem, aguarde 60 dias e seja solidário novamente! Se você for mulher, aguarde 90 dias para doar sangue outra vez. Só não vale exceder o limite de quatro doações em um período de 365 dias para homens e de três doações para mulheres.

A sinceridade ao responder as perguntas do questionário que antecede a doação é importante para evitar a transmissão de doenças aos pacientes.

LAGAMAR: Fundo Municipal de Saúde têm alterações – VEJA O QUE MUDA

LAGAMAR: Fundo Municipal de Saúde têm alterações – VEJA O QUE MUDA

A Câmara Municipal de Lagamar aprovou por unanimidade, na reunião realizada no dia 19 de setembro, e o Prefeito Municipal de Lagamar, José Alves Filho (Zico), no uso das atribuições que lhe confere o artigo 86, inciso IV, da Lei Orgânica Municipal, em seu nome, sancionou a seguinte Lei:

Art. 1º Esta lei disciplina o Fundo Municipal da Saúde do Município de Lagamar.

Art. 2º O Fundo Municipal de Saúde, constitui‐se em unidade orçamentária e gestora dos recursos destinados ao desenvolvimento das ações e serviços públicos de saúde coordenadas e executadas, direta ou indiretamente, pela Secretaria Municipal de Saúde.

Parágrafo Único – Consideram‐se ações e serviços públicos de saúde aquelas especificadas nas normas que regem sobre o assunto.

Art. 3º O Fundo Municipal de Saúde subordina‐se à Secretaria Municipal de Saúde e será uma unidade gestora de orçamento, conforme os artigos 71 e 72 da Lei Federal nº 4.320, de 17 de março de 1964 e art. 14 da Lei Complementar Federal nº 141, de 13 de janeiro de 2012.

Art. 4º São atribuições do Secretário Municipal da Saúde:

I ‐ gerir o Fundo Municipal da Saúde;

II ‐ estabelecer e executar as políticas de aplicação dos seus recursos;

III ‐ acompanhar, avaliar e decidir sobre a realização das ações previstas no Plano Municipal de Saúde;

IV ‐ submeter ao Conselho Municipal de Saúde o plano de aplicação a cargo do Fundo Municipal da Saúde, em consonância com o Plano Municipal de Saúde e com a Lei de Diretrizes Orçamentárias;

V ‐ submeter ao Conselho Municipal de Saúde e a Câmara de Vereadores, em audiência pública, as demonstrações quadrimestrais das receitas e despesas do Fundo Municipal de Saúde;

VI ‐ submeter ao Tribunal de Contas e ao Ministério da Saúde as demonstrações, conforme a exigibilidade de cada órgão;

VII ‐ autorizar compras, ordenar despesas, autorizar pagamentos, assinar cheques ou autorizar eletronicamente os pagamentos das despesas referentes ao Fundo Municipal da Saúde;

VIII ‐ acompanhar a execução orçamentária‐financeira dos recursos do Fundo Municipal da Saúde; e

IX ‐ solicitar relatórios para acompanhamento, controle e prestação de contas dos recursos do Fundo Municipal da Saúde.

Art. 5º O orçamento do Fundo Municipal da Saúde evidenciará as políticas e os programas de trabalho governamentais, observando o Plano de Saúde Municipal, o Plano Plurianual, a Lei de Diretrizes Orçamentárias e os princípios da universalidade e do equilíbrio.

  • 1º O Fundo Municipal de Saúde será uma unidade orçamentária, conforme o disposto no art. 14 da Lei Complementar Federal nº 141, de 13 de janeiro de 2012, obedecendo ao disposto nos artigos 71 e 72 da Lei Federal nº 4320 de 17 de março de 1964.
  • 2º O orçamento do Fundo Municipal de Saúde integrará o orçamento do Município, em obediência ao princípio da unidade orçamentária.
  • 3º O orçamento do Fundo Municipal da Saúde observará, na sua elaboração e na sua execução, os padrões e normas estabelecidos na legislação pertinente.

Art. 6º Esta lei entra em a partir da data da sua publicação, revogando as disposições em contrário, especialmente a Lei Municipal 806/1991.

Câmara Municipal de Lagamar, 19 de setembro de 2017

Márcio Antônio Pereira

PRESIDENTE

GUARDA-MOR: Vereadores solicitam recursos para melhorias na saúde do município

GUARDA-MOR: Vereadores solicitam recursos para melhorias na saúde do município

Juntamente com os colegas Gilmar e Igor Buriti, o vereador Zé Antônio participou de recente audiência com o deputado federal Renato Andrade, do PP. Na oportunidade, além de outras reivindicações, os parlamentares pediram apoio do deputado na liberação de verbas para o custeio da saúde e aquisição de um aparelho de Raio Xis para o Hospital Municipal de Guarda-Mor. “Como o deputado é do mesmo partido do ministro da Saúde, a gente acredita que ele terá mais facilidade para atender nossos pedidos”, observou o vereador Zé Antônio.

Por Lando Lacerda/CorreioRegional.Net

Alunos e Professores da UFU descobrem tratamento para hipertensão em plantas do cerrado

Alunos e Professores da UFU descobrem tratamento para hipertensão em plantas do cerrado

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU), campus Patos de Minas, está desenvolvendo uma pesquisa com plantas do cerrado para o tratamento da hipertensão, uma doença que acomete milhões de pessoas em todo o mundo. O estudo está sendo realizado por uma professora de Biotecnologia, e por alunos da área.  Segundo a docente, Cristina Furstenau, as plantas que contribuíram para o estudo foram os Pequis, a Sabicia Brasilienses, e a Mangaba.

De início, é retirado o extrato da planta, que posteriormente, é testado em modelos animais, e celulares, ou seja, é realizado no campos da universidade apenas a pesquisa básica que, segundo a professora, futuramente poderá servir de base para estudos mais aprofundados, como por exemplo, para a produção de medicamentos de novos fármacos que possam auxiliar no tratamento da pressão alta.

A pesquisa envolve alunos de graduação, que estão elaborando Trabalhos de Conclusão de Curso, alunos que estão em fase de iniciação científica, e também mestrandos, além  de colaboradores de outros estados.

Fonte: Patos Já