Artigo: Vacinação previne rebanho de contagio por leptospirose

Artigo: Vacinação previne rebanho de contagio por leptospirose

A pecuária bovina é um dos principais setores da economia brasileira bem como do município de Vazante e região, onde apresenta um crescimento exponencial na criação de gado. A medida que a pecuária evolui as exigências sanitárias tornam-se cada vez mais rigorosas, e a manutenção do rebanho vacinado e vermifugado é uma medida que previne o aparecimento de doenças, dentre elas a leptospirose bovina.

A leptospirose bovina é uma doença contagiosa causada pela bactéria do gênero leptospira. É considerada uma antropozoonose, ou seja, doença primária dos animais que pode ser transmitida ao homem. No Brasil, é considerada de caráter endêmico, sendo comum o surgimento de surtos na época de chuvas. É também uma doença de risco ocupacional atingindo trabalhadores agrícolas, trabalhadores das redes de água, coletores de lixo, além de veterinários e tratadores de animais.

Em bovinos a leptospirose causa grandes prejuízos devido a sua grande influência na queda de produção, infertilidade, abortamentos e mortalidade em bezerros. Nos animais em lactação, as leptospiras podem ser encontradas no leite e nele sobreviver por horas ou dias dependendo da sua forma de apresentação. Os animais que estão se recuperando da doença podem eliminar o agente na urina durante meses e até anos.

Para diagnosticar a leptospirose é necessário diferenciá-la das outras doenças infecciosas da esfera reprodutiva como abortos, levando em consideração os sinais clínicos às evidências epidemiológicas e realizando exames laboratoriais. O teste de ELISA (Ensaio de Imuno Absorção Enzimática) é o mais indicado.

O controle da leptospirose é feito com a vacinação do rebanho a partir do quinto mês de idade, controle da população de roedores e impedindo que os animais doentes bebam ou se alimentem de água e alimentos contaminados respectivamente. Os doentes devem ser tratados com estreptomicina na dosagem de 25 mg/Kg de peso vivo administrada pela via intramuscular, em dose única.

 

Polícia Militar faz reunião comunitária com produtores rurais de Guarda-mor

Polícia Militar faz reunião comunitária com produtores rurais de Guarda-mor

Nesta última Sexta-feira, 13 de Outubro de 2017, foi feita reunião comunitária na sede do sindicato dos Produtores Rurais em Guarda-Mor. O Comandante do Município realizou debates sobre ações preventivas na Zona Rural através da Rede de Fazendas Protegidas com os adeptos ao sistema. Em comunhão com a população que quer fazer parte desse projeto, torna-se muito mais eficiente o combate a criminalidade através da Polícia Militar.

Guarda-mor: Comemorando o Dia das Crianças, Policiais Militares faz interação no comércio da cidade

Guarda-mor: Comemorando o Dia das Crianças, Policiais Militares faz interação no comércio da cidade

No dia 12 de Outubro de 2017, a Polícia Militar de Guarda-mor, através da Filosofia de Polícia Comunitária, realizou interação com crianças que estavam no comércio comemorando o Dia das Crianças. Segundo a PM de Guarda-mor é de extrema importância que esses futuros seres humanos tenham em mente que Polícia Militar não apenas faz repressão, e que pode contar com o profissionalismo dos policiais. “Agradecemos aos comerciantes por terem proporcionado esse tipo de ambiente saudável em seus estabelecimentos para as Famílias Guarda-Morenses”, revelou a PM de Guarda-mor.

PARACATU: MEC autoriza Curso de Engenharia da Computação na Faculdade FINOM

PARACATU: MEC autoriza Curso de Engenharia da Computação na Faculdade FINOM

O Diário Oficial da União publicou nesta terça-feira, 03 de outubro, a Portaria que autoriza o curso de Bacharelado em “Engenharia da Computação” na Faculdade do Noroeste de Minas – FINOM, em Paracatu.

O curso de Engenharia de Computação tem como objetivo a formação de profissionais para atuar em processos de automação, integrando aspectos relacionados ao desenvolvimento e gerência de projetos de hardware e software.

Engenharia de Computação é o conjunto de conhecimentos usados no desenvolvimento de computadores e seus periféricos. O engenheiro da computação projeta e constrói computadores, periféricos e sistemas que integram hardware e software. Produz novas máquinas e equipamentos computacionais para ser utilizados em diversos setores. Desenvolve produtos para serviços de telecomunicações, como os que fazem a interligação entre redes de telefonia. Pode, ainda, planejar e implementar redes de computadores e seus componentes, como roteadores e cabeamentos.

Essa ampla variedade de aplicações explica elevada e crescente demanda social por profissionais de Engenharia da Computação tanto no Brasil como no restante dos países desenvolvidos e em desenvolvimento, conforme explica o Diretor Geral da Faculdade FINOM,Dr. Willian José Ferreira:

 “-É mais uma excelente oportunidade de qualificação profissional que a FINOM trás para a sociedade de Paracatu e região. É o primeiro curso de Engenharia de Computação da região Noroeste de Minas, Alto Paranaíba, parte do Estado de Goiás e do Distrito Federal. A área de tecnologia tem gerando novos postos de trabalho é uma porta aberta para quem pretende entrar neste promissor mercado de trabalho,” afirmou.

“-O setor de tecnologia é um dos poucos que tem crescido em um cenário de crise no país,”complementa.

Mercado de Trabalho

Mesmo com o país em crise, o setor de Tecnologia da Informação continua crescendo, gerando demanda por profissionais capacitados, entre eles o engenheiro da computação. A maior demanda está na área de big data, em que o bacharel desenvolve algoritmos matemáticos para analisar dados e, assim, ajudar a melhorar o desempenho dos negócios. Trabalhar com sistemas embarcados é outra opção para o graduado. 
Entre os setores que mais demandam novas tecnologias estão o de serviços em geral, aeronáutico, automobilístico, financeiro e de telecomunicações, com destaque para a telefonia celular. O profissional também é requisitado para atuar na área de vendas, comercializando equipamentos de alta tecnologia. A maior oferta de emprego está nas regiões Sul e Sudeste.


Curso

O currículo traz as matérias básicas das engenharias, como álgebra e cálculo, e específicas, como linguagens de programação, circuitos lógicos e arquitetura de computadores. No último ano, o aluno faz estágio e pode cursar disciplinas voltadas a uma área de especialização da profissão, como a criação de softwares ou robótica.

Mais Informações

Faculdade do Noroeste de Minas – FINOM

Tel. (38) 3311-2000 www.finom.edu.br

Por Paracatu.net

VAZANTE: Vereador sugere novo projeto de arborização para cidade

VAZANTE: Vereador sugere novo projeto de arborização para cidade

 Através da Indicação nº 093/2017, aprovada pela Câmara Municipal nesta segunda-feira (2), o vereador Daniel Henrique (PSD) comunicou ao prefeito Jacques Soares Guimarães (PSD) sobre a necessidade de um novo projeto de arborização da cidade, visando o plantio de árvores de médio porte que são mais apropriadas para sombreamento no perímetro urbano.

O projeto, segundo o vereador, poderá ser desenvolvido em parceria com o IEF/Lagamar, que já se dispôs a produzir a quantidade e as espécies necessárias de mudas a serem plantadas, mediante estudo conjunto com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

A sugestão do parlamentar atende uma antiga reivindicação da população vazantina que, ao longo dos últimos anos, viu reduzir significativamente a arborização em vários setores da cidade, com o plantio crescente de palmeiras e a retirada de inúmeras árvores das áreas urbanas.

Para o vereador Gabriel, que também é engenheiro ambiental, as árvores desempenham um papel fundamental no ambiente urbano porque absorvem os ruídos, amenizam o calor do sol, purificam o ar, embelezam a cidade e melhoram a qualidade de vida da população.

VAZANTE: Bancos do Brasil e Itaú informam nova previsão de retorno no atendimento normal

VAZANTE: Bancos do Brasil e Itaú informam nova previsão de retorno no atendimento normal

Praticamente 90 dias depois das explosões das agências bancárias do Banco do Brasil e do Itaú, em Vazante (relembre o fato aqui), e as duas agências ainda não voltaram a funcionar normalmente, gerando transtorno aos usuários. Em 5 de julho de 2017 uma quadrilha especializada em roubos de bancos detonou as duas agências bancárias. Os Bancos do Brasil e Itaú ficaram totalmente destruídos.

Desde então os usuários das duas agências estão enfrentando dificuldade para realizar alguns serviços. Aos poucos o Banco do Brasil e o Banco Itaú voltaram com alguns atendimentos. Porém os Caixas Eletrônicos, que normalmente desafoga o atendimento nas agências, ainda não voltou a funcionar nos dois bancos.

O Banco do Brasil está passando por reformas na estrutura do prédio. Com as detonações diversos pontos foram danificados. A previsão anterior era que por volta de 20 de setembro voltasse a funcionar pelo menos o atendimento negocial (interno), o que já está funcionando. O atendimento em caixas eletrônicos e, consequentemente, o atendimento normalizado da agência ainda está sem previsão, dependendo da conclusão de trabalhos de alvenaria, reboco, vidros e, após a conclusão destes serviços, de laudos de engenharia para atestar a segurança para funcionários e usuários. A expectativa é que apenas em novembro volte a ser normalizado

O Banco Itaú está funcionando normalmente o atendimento interno, como: negociações, saques, depósitos, descontos de cheques e pagamentos. O Atendimento em Caixas Eletrônicos ainda está sem funcionar. A previsão era que até 30 de setembro voltasse ao normal, mas não foi possível e acredita-se que leve mais uns 15 a 20 dias para se normalizar.