TJMG concede prisão domicilar a senhor acusado de homicídio em São Brás de Minas



A Justiça de Minas Gerais concedeu a Sebastião de Freitas, 75 anos, autor do homicídio ocorrido no dia 07 de janeiro, no distrito de São Brás de Minas, no município de Lagamar, o direito de prisão domiciliar.

O alvará de soltura foi expedido nesta sexta-feira, 20 de abril, e o idoso foi colocado em liberdade no final da tarde para que cumpra prisão domiciliar, enquanto aguarda o desenrolar do processo e julgamento.





O Caso

O homicídio aconteceu no fim da tarde do dia 07 de janeiro. Sebastião Freitas teria discutido com a vítima Geraldo de Oliveira “Geraldo da Tunica”, 71 anos e depois ido até em casa e buscado um revólver calibre .32. As imagens mostram Sebastião atirando por diversas vezes contra Geraldo, e os dois chegaram a entrar em luta corporal.





No entanto, Geraldo já bastante enfraquecido pelos ferimentos dos disparos não consegue se livrar das agressões de Sebastião. Após disparar diversas vezes, o acusado usa o cabo do revólver para golpear a cabeça da vítima. Para finalizar, o assassino ainda enfia a faca em Geraldo que chegou a ser socorrido, mas veio a óbito.

Tudo aconteceu em frente a um bar e diversas pessoas presenciaram o crime. A Polícia Civil havia representado pela prisão preventiva o que foi deferido pela justiça. Nesta terça-feira, os policiais foram até uma propriedade rural no município e prenderam Sebastião. Ele vai responder por homicídio duplamente qualificado, recurso que impediu a defesa da vítima e motivo fútil.





Os policiais verificaram que o crime ocorreu por ciúmes. Geraldo havia presenteado a esposa de Sebastião com mudas de bananeiras,o que teria despertado raiva no investigado. O revólver calibre .32 usado no crime também foi apreendido.

Notícia compartilhada do site PoHoje





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Se deseja utilizar esse conteúdo envie solicitação para: [email protected]