Justiça determina que Banco do Brasil de Vazante disponibilize transporte rodoviário diário à cidade de Lagamar



O Ministério Público de Minas Gerais entrou com uma ação civil pública, com o pedido de antecipação de tutela, contra a agência do Banco do Brasil em Vazante. O juiz da Comarca de Vazante, Dr. Miller Freire de Carvalho, analisou e deferiu o pedido, decidindo que:

– A agência deverá instalar três caixas eletrônicos na cidade com todos os serviços prestados com frequência nos terminais;
– Disponibilizar transporte rodoviário diário à cidade de Lagamar, nos dias úteis em Vazante, no período de 10h às 15h. O serviço deve ser gratuito à pessoa que quiser utilizar os serviços do Banco do Brasil. Os veículos sairão de hora em hora das duas cidades. O MP pede a população que fique atenta. Caso não haja o cumprimento da decisão, o órgão deve ser consultado.





ENTENDA O CASO

Desde a madrugada do dia 05 de julho de 2017, quando bandidos fortemente armados explodiram as agências do Banco do Brasil e Itaú, o serviço bancário em Vazante não foi mais o mesmo. (relembre o fato aqui)

O Banco Itaú voltou a funcionar poucos meses depois, porém o Banco do Brasil segue funcionando com certas limitações. Operações bancárias como saque e depósitos nos caixas eletrônicos ainda não são realizados e, por incrível que pareça, a previsão é de pelo menos mais uns 30 dias. Embora essas previsões sempre foram adiadas, inicialmente era em setembro, depois em outubro, dezembro e, agora, fim de fevereiro. Um dos principais motivos para essa demora, segundo funcionários, são os processos licitatórios para aquisição de materiais para reforma do prédio, que ficou bastante danificado por causa das explosões. Como há ações de bandidos em agências bancárias quase todas as noites, esses bancos entram numa fila de espera para as reformas e, com isso, já se passaram sete meses em Vazante.





Uma das opções para os usuários do Banco do Brasil em Vazante é a Agência dos Correios, que faz algumas operações de menor valor. Outros buscam a agência do Banco do Brasil de Lagamar, mas, na cidade vizinha, encontram outro problema: apenas uma atendente de caixa e o horário de funcionamento da agência, que é de apenas 4 horas, sendo das 10h às 14h. Por conta dessas dificuldades é comum perceber a migração de muitos usuários para outras agências bancárias da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *