Um incêndio no final da noite dessa sexta-feira (16) por pouco não deixou um senhor gravemente ferido em Patos de Minas. O fogo atingiu todos os cômodos da residência e danificou todos os móveis. O Corpo de Bombeiros foi até o local para controlar as chamas. A Polícia Militar também foi acionada para registrar a ocorrência. Os moradores pedem ajuda da população. Tudo foi consumido pelas chamas.

O fogo pode ter começado na cozinha da meia água, local mais atingido pelas chamas. Todos os móveis foram queimados e o telhado chegou a desabar. Em um dos quartos, as camas foram todas queimadas. O fogo começou a passar para o escritório de advocacia que funciona na frente do imóvel. De acordo com os policiais que registraram a ocorrência, o morador dormia quando o fogo se iniciou.
Quando o morador acordou, o fogo já acontecia na meia água situada na Rua Dona Luiza, Bairro Lagoa Grande, ao lado da Escola Estadual Professor Zama Maciel, e teve que sair às pressas do local. Os policiais informaram que não se sabe como o fogo teria se iniciado. A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada para verificar o que teria acontecido.





Após controlar as chamas, o Corpo de Bombeiros interditou o imóvel que ficou bastante comprometido e o risco de desabar era grande. Os moradores foram impedidos de entrar na residência. O proprietário do imóvel foi até o local para avaliar os estragos. O morador que estava na residência na hora do incêndio apresentava sinais de ter ingerido bebida alcoólica e não soube dizer como tudo teria acontecido.

E a situação está mesmo muito difícil. Graciene Moreira Nunes disse que está morando de favor na casa da irmã. Ela contou que perdeu tudo e pediu ajuda da população. “Queimou tudo. O que as pessoas puderem doar, a gente está aceitando”, contou. As pessoas podem levar as doações na Rua Prefeito Camundinho, 1989, Bairro Nossa Senhora Aparecida. Os celulares para contato são: (34) 9 98051085 ou (34) 9 9944 6363.





Fonte: Patos Hoje





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Se deseja utilizar esse conteúdo envie solicitação para: [email protected]