A Polícia Militar de Varjão de Minas prendeu um tio e um sobrinho, de 53 e 23 anos de idade, suspeitos de envolvimento em um roubo a um restaurante. O fato aconteceu na noite do último sábado (10/06) na Rua Dona Aninha, Bairro Campo Belo.

Segundo informações, o suspeito Gerson Almeida Soares, de 23 anos, chegou ao estabelecimento e, no primeiro momento, consumiu algumas cervejas como se fosse um cliente comum. Posteriormente, ele se dirigiu ao caixa simulando que iria pagar a conta, porém Gerson furtou uma faca no local e anunciou o assalto, subtraindo da vítima aproximadamente R$300,00 e um aparelho celular.

A PM foi acionada e, após rastreamentos, localizou o suspeito Gerson nas proximidades do restaurante. Durantes busca pessoal, foi localizado em sua posse R$185,00 que ele não soube explicar a origem. Em contato com as vítimas, elas reconheceram Gerson como sendo autor do roubo.

Os militares então se deslocaram à residência do suspeito, no intuito de localizar o restante dos materiais roubados. No local, o outro morador da residência, Gidelício Soares Freitas, de 53 anos, que é tio de Gerson, não permitiu a entrada dos policias para que fossem realizadas buscas nos pertences do jovem. Após diálogo, os militares conseguiram entrar na residência e obtiveram êxito em localizar o aparelho celular que havia sido roubado no restaurante.

Ao ser questionado, Gerson informou que seu tio também estava envolvido no roubo. Segundo o jovem, Gidelício sabia que ele iria praticar o roubo e alegou ainda que ele teria aceitado receber R$100,00 proveniente do crime.

Em novo contato com Gidelício, este acabou confessando ter recebido a quantia citada de seu sobrinho. Ele ainda entregou aos policias o valor recebido de Gerson. Diante dos fatos, a dupla foi presa em flagrante e conduzida à delegacia de polícia civil de Patos de Minas, juntamente com os materiais apreendidos.

Fonte: Patos Já