Entre os meses de junho e julho, será realizada a 4ª edição do Festival do Patrimônio Cultural de Paracatu. O evento terá início com a etapa gastronômica que terá a participação de oito restaurantes da cidade que criaram pratos especiais com ingredientes típicos da cidade. A etapa vai acontecer de 1º a 30 de junho e os pratos podem ser avaliados pela população e por um júri especializado. Serão premiados os três primeiros restaurantes e os três melhores garçons. O evento tem o objetivo de valorizar a gastronomia popular e os sabores locais. 
 Essa edição da Etapa Gastronômica terá a participação dos seguintes bares e restaurantes: La Maggiore, Ipê Florido, Hotel Veredas, Texas Hamburgueria, Forasteiros, Adrenalina Rock Bar, Saca Rolha e Sushi Med. Para essa edição, os estabelecimentos criaram pratos que precisam ter obrigatoriamente dois dos três ingredientes: café, queijo minas e castanha de baru. No período da etapa gastronômica os pratos vão fazer parte do cardápio dos restaurantes e todos que experimentarem poderão avaliá-los. Ao final, vai ocorrer a premiação dos vencedores.
Para o Secretário Municipal de Cultura da cidade, Isac Arruda, a culinária local é um grande atrativo de Paracatu, por isso, o evento contribui tanto para valorizar um bem da cidade, como para dar mais opções à população e atrair novos visitantes. “Por meio da etapa gastronômica, as pessoas podem, além de degustar comidas bem elaboradas, sentar, conversar e trocar histórias entre elas, o que enriquece a experiência”, afirma. Dessa forma, o maior desafio do Festival, segundo ele, é trazer novidades que consigam aliar o moderno às múltiplas tradições presentes em Paracatu.
Consultoria do chef
Como na edição de 2016, um renomado chef prestou consultoria para os restaurantes e auxiliou na elaboração dos pratos. O chef Ronie Peterson, consultor de gastronomia do Senac-MG, foi o responsável pelo trabalho. Ele auxiliou os donos de restaurantes na adequação dos ingredientes típicos da região ao estilo de cada estabelecimento. “Foi instigante trabalhar com restaurantes tão diversificados, dentre os quais uma hamburgueria e um restaurante japonês, por exemplo, e auxiliá-los na elaboração de seus pratos”, afirmou. A capacitação dada aos restaurantes durou, em média, quatro horas em cada estabelecimento. O chef Ronie Peterson buscou, antes de tudo, ouvir e entender melhor sobre a cultura de cada um para depois instruí-los melhor sobre caminhos interessantes pelos quais poderiam optar. “Os resultados foram ótimos, tanto em relação à qualidade dos pratos quanto no acabamento que cada chef deu à sua criação. Acredito que os pratos irão agradar bastante a quem tiver a chance de experimentá-los”, complementa.
A etapa gastronômica vai acontecer dentro do Festival do Patrimônio Cultural evento realizado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável de Paracatu (Adesp) e Prefeitura Municipal de Paracatu. O evento tem patrocínio da Kinross, Sebrae, Sesc, Senac, Votorantim Metais e do Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Codemig, e apoio do Sindcomércio, Casa do Empresário, Campo, Valorem, Famag, Academia Corpus e Studio de Dança. 
 
Votação
A etapa gastronômica vai premiar o Melhor Prato e o Melhor Garçom/Atendente. A votação será feita por voto popular e por uma equipe técnica. O resultado será divulgado 08 de julho, no Largo do Rosário, e os três primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro, troféus e cestas de produtos regionais.

Veja abaixo a relação de restaurantes e descrição dos pratos:
Texas Hamburgueria  /   Prato: Sanduíche de Pastrami

Peito de boi brisket marinado em dryrub de café, 180 gramas de carne em fatias finas com chutney de pepino e queijo minas derretido.
Adrenalina Rock Bar  /  Prato: Sanduíche Adrenalina
Hambúrguer artesanal feito com patinho, bacon, temperos, queijo minas, tomate cereja, cebola caramelizada, castanha de baru e molho especial da casa.
Forasteiros  /   Prato: Jungle Ribs
Costela Suína temperada na farinha especial temperada, com creme de queijo minas
Hotel Veredas  /  Prato: Fetuccine do Cerrado
Fetuccine com sabor de abóbora e tiras de filé harmonizado com pesto de baru do cerrado
Ipê Florido  /  Prato: Camarão à Moda do Chef
Camarão, fettucine, castanha de baru, queijo canastra e creme de leite, harmonizado com licor de café e um toque de limão
La Maggiore   /   Prato: Calzone a La Maggiore
Carne desfiada, fruta da estação com geleia de pimenta dedo de moça, pedacinhos de bacon, tirinhas de queijo prato, manjericão, orégano, finalizado com uma porção de baru caramelado. Regado a calda de café. Acompanha salada de rúcula, tomate seco, queijo parmesão e mostarda ao mel.
Saca Rolha   /    Prato: Mixidão do Saca Rolha
Mixidão feito com pernil suíno, bacon, ovo, arroz, feijão e tomate, acompanhado de farofa de cebola, açafrão, castanha de baru, pimenta   calabresa e banana, queijo minas e mel.
Sushi Med  /   Prato: Focaccia Estilo Minas
Focaccia de baru, rúcula, queijo minas empanado com panko, marmelada de tomate, alho poró e raspa de limão.

Fonte: Paracatu .NET