Começar o Campeonato no G4 já levanta a moral de um time inteiro. Ainda mais uma que é tradicionalmente vitoriosa e andava com a auto-estima abalada pelos últimos campeonatos disputados. Sei que ainda é muito cedo para consagrar o time, mesmo porque ainda há muito que arrumar, mas mesmo assim é preciso aplaudir as melhoras que estão acontecendo.

Estamos ainda na terceira rodada, mas já vencemos dois jogos e empatamos um, o que mostra que o entrosamento está acontecendo, estamos acertando mais que errando e principalmente que o Mano está acordando para vida e arrumando a casa.

Na partida de hoje, jogando na Vila Belmiro, tivemos uma atuação correta, não empolgante, não determinante, mas correta. Seguramos o Santos como conseguimos, com coerência, bola no chão, sem fazer qualquer firula que pudesse nos fazer perder a partida. E com isso interrompemos uma série de seis vitórias consecutivas dos donos da casa como mandantes.

Dominamos o primeiro tempo, mas não chegamos perto do gol, deixando a única finalização plausível dos primeiros 45 minutos para o santista Bruno Henrique, e que vamos dizer, que menino ligeirinho, se for bem trabalhado, esse menino tem um futuro bem promissor no futebol brasileiro e internacional. Queria destacar também a atuação do Dedé no primeiro tempo, chegando a todas as bolas e não causando faltas, impedindo que o Santos tivesse qualquer êxito no ataque.

No segundo tempo, não esperava pela substituição precoce do Arrascaeta, mas depois da falta que ele sofreu, causada por Copete, o uruguaio se mostrou sem condições de continuar na partida e a entrada de Thiago Neves deu um gás no time, além da substituição de Hudson por Abila, que nos levou ao gol da vitória. Com essas substituições, só reafirma o que todo cruzeirense sabe, menos o Mano Menezes, Ábila e Thiago Neves não devem nunca ficar esquentando o banco de reservas do Maior de Minas

Para finalizar, quero destacar a atuação excelente do meio-campo, Ariel Cabral, que cumpriu brilhantemente todas as funções defensivas, deu ótimo ritmo de jogo e ainda iniciou a jogada que originou o gol.

Próximos adversários

O Cruzeiro agora segue para uma sequencia de duas partidas contra a Chapecoense. O primeiro jogo na quinta-feira (1º), às 21h30, valendo uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil – no jogo de ida o time mineiro venceu por 1 a 0. O segundo jogo contra o time catarinense será pelo Brasileirão, no domingo (4) às 19h.