Um micro-ônibus de uma empresa terceirizada que fazia o transporte de professores pegou fogo após uma pane elétrica no início da tarde desta sexta-feira, 26 de maio. Apesar da gravidade, os 20 educadores que estavam sendo transportados saíram ilesos. 
As chamas se alastraram tão rápido que não houve tempo de serem apagadas pelo resgate. O motorista do ônibus tinha como destino o distrito de Monjolinho de Minas. Acredita-se que um curto circuito na fiação elétrica tenha provocado à situação. Segundo o condutor Lázaro Levi da Silva, 62 anos, o fogo inicialmente foi notado no painel do pequeno ônibus. Com isso, foi realizada uma evacuação de emergência para que ninguém se ferisse. Felizmente todos os passageiros desceram a tempo, uma vez que o veículo ficou totalmente queimado.
As chamas foram apagadas por um caminhão de combate de incêndio do município. Um boletim de ocorrência foi registrado pela Polícia Militar e após análise, o micro-ônibus foi liberado para o proprietário e guinchado para respetiva providência. 

Patos em destaque