A Prefeitura de Vazante solicitou à direção da Unidade Vazante da Votorantim Metais esclarecimentos sobre a secagem de um trecho do Rio Santa Catarina com cerca de 5 km, entre a Ponte da MGC-354 e a as instalações industriais da empresa.

No encontro, a Votorantim esclareceu que não houve aumento no bombeamento realizado há diversos anos na Unidade e que as condições do ambiente cárstico somado às irregularidades de chuvas desse ano agravou a baixa disponibilidade hídrica do Rio Santa Catarina.

Diante desse cenário, a Unidade está viabilizando novos estudos para analisar as influências do empreendimento, que são monitorados por equipe especializada e de acordo com as licenças ambientais concedidas, acrescentando sua total transparência e disponibilidade para atender as autoridades competentes e as determinações de direito.

O encontro, realizado na manhã desta segunda-feira, dia 15, na sala de reuniões do Centro Esportivo, contou com a participação do prefeito, Jacques Soares Guimarães, do Secretário de Meio Ambiente, Célio Franco, do Presidente do CODEMA, Renato Ferreira e do presidente da Câmara dos Vereadores, Orlando Fialho. Pela Votorantim Metais participaram o Gerente Geral da Unidade, Antonio Padrón e o gerente de Recursos Humanos, Thiago Pereira.

Fonte: Prefeitura de Vazante