O trânsito no perímetro urbano de Patos de Minas voltou a ter um grande número de acidentes neste fim de semana. Além de uma morte em acidente no Córrego do Monjolo e uma jovem que se feriu em dois acidentes seguidos, os policiais registraram outros 32 acidentes, a maioria com vítimas de ferimentos.

No sábado (13), uma jovem teve que ser socorrida até o Hospital Regional pelo Corpo de Bombeiros. Fernanda Cristina Magalhães, 20 anos, seguia em sua Honda /Biz para o hospital após se envolver em um acidente quando acabou batendo em outro carro que tentava atravessar a Avenida Afonso Queiroz.

O acidente mais grave aconteceu nesse domingo (14) na Avenida Fátima Porto. O GM/Astra com dois jovens acabou caindo dentro do Córrego do Monjolo. Deivid Liberato Rodrigues da Silva, de 24 anos, faleceu pouco depois de ser resgatado. José Artur dos Santos, de 27 anos, continua internado no Hospital Regional em estado grave.

Até o momento não foi possível ter certeza quem estaria conduzindo o carro. “Com o impacto, os corpos se misturaram e não foi possível fazer esta identificação”, informaram os militares. Os policiais identificaram que o carro está em nome de Deivid que possui apenas CNH na Categoria A. José Artur corre risco de vida. Ele teve traumatismo craniano, fratura de fêmur e coluna e ainda perdeu um rim. Ele conseguiu uma vaga no CTI do Hospital Regional na tarde desta segunda-feira (15).

Além destes acidentes, a Polícia Militar registrou mais dezenas de batidas na cidade. Foram mais 32, sendo que 22 deles tiveram vítimas de ferimentos. Ainda foram registradas mais 16 ocorrências relacionadas à aplicação de medidas administrativas previstas no Código de Trânsito Brasileiro, como remoção de veículos.

As autoridades orientam as pessoas a dirigirem com mais atenção e respeito às leis de trânsito. A Reforma Administrativa proposta pelo Prefeito José Eustáquio aprovada na Câmara Municipal vai criar a Secretaria Municipal de Trânsito. A intenção é organizar o trânsito para promover a defesa da vida, o respeito ao meio ambiente e o convívio social.

Fonte: www.patoshoje.com.br