Inaugurado em março 2013, mas ainda sem funcionar de forma eficiente, o Canil Municipal de Vazante continua sendo um problema para gestores.

O grande número de cães que circulam nas ruas da cidade de Vazante há anos preocupam os moradores, principalmente, por alguns apresentarem doenças e maus tratos. Há casos em que os animais chegam a avançar em veículos e pessoas, mas, ainda, sem nenhum dano mais grave.

O prefeito de Vazante, Dr. Jacques Soares, demonstrou-se preocupado em recente entrevista à Rádio Montanheza e disse ter uma solução a médio prazo. “Vamos elaborar um projeto para resolver definitivamente o problema do Canil Municipal. Mas isso demanda tempo”, disse na oportunidade.

Na inauguração do canil foi informado que ele teria capacidade para abrigar até 150 cães e 50 gatos que serão tratados conforme exigências das leis de proteção aos animais e depois liberá-los para adoção ou devolvê-los para ruas.

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura o canil foi recebido pela atual gestão, em janeiro deste ano, com condições insatisfatórias. A Prefeitura vem atuando de forma mais eficiente possível para amenizar a situação e em breve haverá informações sobre as melhorias desejadas pelo prefeito.