Uma família de Patos de Minas está preocupada com a questão dos animais de rua. O filho de 11 anos foi atacado por um cão abandonado e precisou receber atendimento médico. O garoto já tomou duas doses de vacina antirrábica e o ferimento ainda não se curou. O animal foi recolhido ao Centro de Controle de Zoonoses e está em observação.

O pai da criança, Sérgio Reis da Silva, contou que o ataque aconteceu no dia 27/04, quando o garoto seguia de bicicleta para a casa do primo no Bairro Alto Limoeiro. O cachorro de grande porte foi correndo atrás e conseguiu morder a canela do menino. A família de imediato procurou atendimento médico, mas a situação também não foi tão simples de se resolver.

Ele foi levado primeiro ao Hospital Regional, no entanto, não havia pediatra. Então, eles tiveram que ir até a UPA do Jardim Peluzzo. Após pegar a recomendação médica, eles voltaram ao Hospital Regional para receber a primeira dose da vacina antirrábica. A segunda foi no Posto André Luiz. “Só este posto da Prefeitura existe esta vacina”, informou.

Sérgio disse que ele pode ter que tomar outras doses. A pedido do médico, o cachorro foi recolhido pelo Corpo de Bombeiros até o Centro de Controle de Zoonoses e se encontra em observação. Caso o animal dê sinais que possui alguma doença, o garoto terá que passar por novas vacinas.

O pai do garoto informou que, agora, mais de 10 dias depois, o ferimento ainda se encontra infeccionado. E seu filho não foi a única vítima. Sérgio informou que outras pessoas foram atacadas pelo animal. Toda a família se mostrou preocupada com a questão.

Patos Hoje