Por Globo Esporte,

Parece que o jogo virou, não é mesmo? A resposta virá nesta quarta-feira. O Atlético-MG viveu uma fase conturbada no mês de abril. Perdeu clássico, perdeu para a Caldense, perdeu fora de casa na Libertadores, foi cobrado pela torcida e não conseguiu demonstrar um bom desempenho em campo. A maré, porém, parece ter passado. No último domingo, o time mudou o esquema tático, contou com o retorno do goleiro – e ídolo – Victor, empolgou a torcida, convenceu e derrotou a URT por 3 a 0, garantindo vaga na finalíssima do Campeonato Mineiro. O tira-teima para saber se foi apenas um lampejo ou se, de fato, a fase mudou, será nesta quarta. O Galo recebe o Libertad-PAR, no Independência, às 19h30 (de Brasília).

Além de vir de uma boa atuação e de jogar em casa, o Atlético-MG tem mais um combustível para buscar a vitória. O revés na casa do adversário, na última semana, está entalado na garganta dos atletas alvinegros. O Galo não conseguiu jogar, sofreu muito com as condições e foi derrotado por 1 a 0. Além disso, não foi recebido com as maiores das gentilesas pelos anfitriões. No dia do jogo, por exemplo, não pôde aquecer em campo e pisou no gramado pela primeira vez já quando a bola ia rolar. Os atleticanos estão com tudo isso bem fresco na memória. Rafael Carioca, por exemplo, fala em “guerra”.

– Eles colocaram a gente para aquecer num corredor lá. É um time que catimba muito. Pra gente tem que ser guerra, estamos diante da nossa torcida. Só a vitória nos interessa.

Independência vai receber bom público na noite de quarta-feira (Foto: Reprodução/Premiere)Independência vai receber bom público na noite de quarta-feira (Foto: Reprodução/Premiere)

Independência vai receber bom público na noite de quarta-feira (Foto: Reprodução/Premiere)

Se vencer, o Atlético-MG dormirá na liderança do Grupo 6. O Godoy Cruz-ARG, atual líder, joga apenas na quinta-feira, contra o Sport Boys-BOL, fora de casa.

Ao contrário do Galo, que vem de jogo importante no fim de semana pelo Estadual, o Libertad está descansado – não teve compromisso no fim de semana pelo Campeonato Paraguaio. Na Libertadores, o time de Assunção tem a mesma pontuação do Atlético-MG, 4 pontos, mas tem saldo de gols pior: 0, contra 2 do time mineiro. Por isso, é o terceiro colocado do grupo.