DENGUE – Boletim Epidemiológico da SES aponta 14 casos prováveis em Vazante

Vazante

A Secretaria de Saúde do Estado (SES-MG) divulgou Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika, nessa terça-feira (27/04). De acordo com o indicador, o estado tem baixo risco, ou seja, incidência de dengue abaixo da Média Móvel (MM).

De acordo com o boletim, Vazante tem 14 casos prováveis de Dengue, mas não há óbitos pela doença. O boletim não apresenta registro de Chikungunya e Zika em 2021. Mesmo sem apresentar alto índice de infestação, é importante que a população fique atenta e promova ações de combate ao mosquito transmissor neste período.



Guarda-Mor e Lagamar apresentam 2 casos prováveis cada. Já Lagoa Grande não tem prováveis. Apenas Guarda-Mor apresenta registro de casos prováveis (1) de Chikungunya, mas em nenhum dos municípios houve registros de Zika.

MINAS GERAIS

No mesmo período, o estado registrou 16.786 casos prováveis (casos notificados exceto os descartados) de dengue. Desse total, 6.251 casos foram confirmados para dengue, além de 1 óbito pela doença.



Em relação à Febre Chikungunya, foram registrados 3.090 casos prováveis da doença e, desse total, 2265 casos foram confirmados. Não foram confirmados óbitos por chikungunya em Minas Gerais até o momento.

Com em relação à Zika, Minas registrou 97 casos prováveis e confirmou 13 casos, mas sem óbitos neste período.

Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *