POLICIA MILITAR DE MEIO AMBIENTE EM PARACATU MG APREENDE JAVALIS APÓS DENÚNCIA DA COMUNIDADE.

Minas Gerais

No dia 03/04/2021, sábado, no município de Paracatu MG, durante Operaçao Semana Santa 2021, policiais militares de meio ambiente receberam denúncias da comunidade, dando conta que caçadoes de javalis estavam com uma grande quantidade de caes praticando caça na regiao Mundo Novo sem autorização dos proprietários das fazendas, inclusive estavam danificando as plantações de soja e milho. Inclusive tal de situaçao de caça era coordenada por um cidadão morador do PA 15 de Novembro.

Diante das informações os militares diligenciaram na tentativa de encontrar os caçadores na região. Tendo logrado êxito em encontrar o suposto coordenador da caça. Indagado sobre a denúncia ele afirmou que apenas estava dando apoio aos caçadores, que apenas emprestou os cães. Alegou que pratica a caça espontânea de javali sem arma de fogo, apena com a utilização de caes, armadilha de espera e “zagaia”. E que não possui licença ambiental. Após o dialogo com o cidadão, os militares realizaram uma vistoria ambiental no imóvel. No quintal da casa foi encontrado um facão jogado ao chao e escorada em uma árvore foi encontrada uma zagaia de 2 metros cumprimento e aos fundos em um chiqueiro foram encontrados 02 javalis.



Em uma mochila foram encontrado 02 rádios de comunicações UHF ondas curtas e 01 luneta de espingarda. O cidadão alegou dias atrás os animais foram adquiridos de um amigo morador do PA 15 de Novembro, que pagou R$ 200,00 pelos animais. Diante da situação, por infligir o artigo 31 da Lei 9.605/98, o cidadão recebeu voz de prisão em flagrante, por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, ele firmou o compromisso de comparecer ao Juizado Especial oportunamente quando intimado. Foi lavrado um auto de Infração ambiental, alusivo as infrações administrativas. Os materiais foram apreendidos, bem como os animais (javalis), que serão abatidos e descartados no aterro sanitário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *