Estelionatários se passam por funcionários do INSS e dão prejuízo de mais de R$57 mil a mulher em Patos de Minas

Minas Gerais

Uma mulher de 58 anos foi vítima de golpistas na tarde dessa quarta-feira (24) em Patos de Minas. Os criminosos realizaram um empréstimo de mais de R$57 mil no nome da mulher. Eles se passaram por funcionárias do INSS para pedir dados bancários e outros dados pessoais da vítima. Assim que percebeu o golpe, ela procurou a Polícia Militar, mas já era tarde demais.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Polícia Militar, a vítima de 58 anos procurou a Base Comunitária Móvel relatando que havia sofrido um golpe por telefone. Segundo a vítima, ela recebeu uma ligação de uma pessoa que se identificou como Jaqueline, se passando por funcionária do INSS. A suposta funcionária disse que a vítima teria um benefício a receber e que iria transferir para uma pessoa responsável.



Em continuidade ao golpe, uma nova pessoa se identificou como Emily e pediu para que a vítima confirmasse os dados pessoais inclusive dados de sua conta bancária. Os golpistas ainda solicitaram fotos dos documentos da mulher e ela enviou através de um aplicativo de conversas. Os golpistas também convenceram a vítima a entrar em um link e realizar reconhecimento facial e assim ela o fez.

A mulher de 58 anos só percebeu que havia caído em um golpe posteriormente. Os golpistas realizaram um empréstimo no valor de R$57.540,00 no nome da vítima. Sendo assim, a mulher procurou a Polícia Militar para registrar a ocorrência. A Polícia Militar orienta a não passar dados pessoais por telefone ou via mensagens, desconfie de todas movimentações financeiras via telefone, qualquer dúvida, ligue para a Polícia Militar através do 190 ou procure um policial.

PATOS HOJE



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *