Boletim Epidemiológico da SES aponta mais 2 casos prováveis em Vazante; total chega a 6

Vazante

A Secretaria de Saúde do Estado (SES-MG) divulgou Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika, na terça-feira (2/03).

De acordo com o boletim, Vazante tem 6 casos prováveis de Dengue, mas não há óbitos pela doença. Houve 2 novos registros desde a atualização de 24 de fevereiro. O boletim não apresenta registro de Chikungunya e Zika. O levantamento leva em consideração as notificações feitas pelos municípios no período de 29 de novembro de 2020 à 1º de março de 2021.



Guarda-Mor e Lagamar apresentam 2 casos prováveis cada. Já Lagoa Grande não tem prováveis. Esses municípios também não tiveram registros de Chikungunya e Zika.

A região Noroeste aparece no relatório com 31 pontos, apresentando risco baixo na avaliação do Estado.

MINAS GERAIS



No mesmo período, o estado registrou 7.790 casos prováveis (casos notificados exceto os descartados) de dengue. Desse total, 2.338 casos foram confirmados para dengue, além de 1 óbito pela doença.

Em relação à Febre Chikungunya, foram registrados 1.462 casos prováveis da doença e, desse total, 719 casos foram confirmados. Não foram confirmados óbitos por chikungunya em Minas Gerais até o momento.

Com em relação à Zika, Minas registrou 61 casos prováveis e confirmou 4 casos, mas sem óbitos neste período.



Por Anderson Franque / Montanheza FM 93.5

Redação
Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *