Decreto suspende venda de bebidas alcoólicas e aplica rodízio de pessoas por CPF em mercados e instituições financeiras

Minas Gerais

Com o crescimento no número de casos de Covid-19 em toda a macrorregião noroeste, Paracatu decretou medidas restritivas mais severas. Elas começaram a vigorar nesta segunda-feira (1º) e terão validade por sete dias, podendo ser prorrogadas por mais sete.

O decreto foi publicado nesse domingo (28), sendo anunciado pelo prefeito, Igor Santos, em pronunciamento nas redes sociais.



Neste período só poderão funcionar farmácias, mercados, laboratórios, postos de combustíveis (exceto lojas de conveniência), clínicas veterinárias e demais estabelecimentos considerados essenciais. Restaurantes e lanchonetes poderão funcionar somente em sistema de entrega. A comercialização de bebidas alcoólicas está suspensa na cidade no período.

Outra medida definida pelo decreto é a restrição de entrada de pessoas nos mercados e instituições bancárias. Nos dias pares, só poderão entrar nestes estabelecimentos os clientes cujo os CPFs forem par. Nos dias ímpares, será a vez daqueles que têm o CPF ímpar. Será permitida a entrada de apenas uma pessoa por família. A prefeitura vai aumentar o número de fiscais que atuarão na cidade, de 16 para 100.

Fonte: G1



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *