Prefeito de Monte Carmelo decreta Calamidade Pública no município

Minas Gerais

Nesta quinta-feira (18), o Prefeito de Monte Carmelo, Paulo Rocha, informou por meio de live em sua rede social que o município assinou o decreto de calamidade pública, que o mesmo foi encaminhado para a Assembleia de Minas e aguarda validação.

Antes da pandemia, Monte Carmelo já disponibilizava novos setores de saúde para a população, com 8 leitos de UTI. Hoje, com o cenário crítico da saúde em toda a região, Monte Carmelo tem 19 leitos de UTI, sendo eles ocupados por 19 pacientes carmelitanos, conforme afirmado pelo Prefeito.

Para tentar frear o aumento de casos de Covid-19 na cidade, medidas restritivas já foram tomadas, sendo a intensificação da fiscalização, com a prisão de 10 pessoas nesta semana que estavam frequentando uma festa clandestina.



O Prefeito também explanou sobre a realidade na busca por cilindros de oxigênio dias atrás. Paulo Rocha contou que um grupo de empresários comprou 55 cilindros, a população também realizou uma vakinha, arrecadando R$55.985,00 que serão usados para suprir gastos da Covid-19.

Conforme o Prefeito, o município gasta hoje 123 cilindros de oxigênio e está realizando a aquisição de um tanque para gerenciar melhor a distribuição aos pacientes. Destes cilindros arrecadados, Rocha afirmou que a Defesa Civil irá levá-los a cidade amanhã.

Em reunião realizada em videoconferência, Rocha contou sobre o possível aumento de leitos no Hospital de Clínicas da UFU que atenderá as cidades da região.



Como apoio a Monte Carmelo, nesta sexta-feira (19), a Defesa Civil levará dois profissionais para analisar se há uma mutação no vírus da Covid-19. Amanhã também haverá reunião para definir novas ações que, conforme o Prefeito, possivelmente serão tomadas em caráter regional.

Já com as medidas restritivas tomadas com decretos anteriores, desde terça-feira, os casos confirmados de coronavírus nos consultórios particulares diminuíram. No balanço dos números, hoje Monte Carmelo teve 63 casos positivos detectados, com 103 novas notificações e 6 óbitos.

Hoje, como boa notícia, 4 pacientes tiveram alta. As vacinas são a esperança, conforme fala de Paulo Rocha. Desse modo, 1061 doses foram recebidas até agora. Se chegar mais vacinas, serão vacinados os farmacêuticos e atendentes de farmácia. Além disso, o Prefeito também programa uma testagem em massa, com a aquisição de mais de 1000 testes SWAB especiais, sendo que o município recebeu, até o momento, 60 deles.



Estes testes tem o resultado em até 15 minutos e devem ser realizados em pacientes de 3 a 5 dias de sintomas, como explicou Paulo Rocha.



Redação
Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *