PF cumpre mandado nas cidades de Lagamar e Vazante por fraude de mais de R$ 1 milhão no INSS



A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (21) a Operação Tempo Perdido, com o objetivo de desarticular associação criminosa suspeita de desviar recursos da Previdência Social (INSS).

A Operação é chamada de Tempo Perdido o grupo tem envolvimento de agentes públicos que teria gerado um prejuízo de mais de R$ 1 milhão.

Cerca de 55 policiais federais cumprem 2 mandados de prisão temporária, 2 ordens judiciais de suspensão do exercício de função pública e 12 mandados de busca e apreensão, todos expedidos pelo Juízo da 4ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado do Tocantins, assim como 13 mandados de intimação, nos estados do Tocantins, Minas Gerais e Distrito Federal.

Em Minas Gerais são cumpridos mandados de busca nas cidades de Lagamar, Unaí, Vazante e Uberaba.





Written by 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *