Alunos da escola de Claro de Minas, em Vazante, testam foguetes de água



Para estimular os alunos às práticas da ciência e tecnologia está sendo desenvolvido um projeto tecnológico do lançamento de um pequeno foguete de água, feito pelos próprios alunos e professores, com uma garrafa PET.

A garrafa retém a água e o ar comprimido enquanto está presa à base e move-se para cima quando o sistema de soltura é ativado.

Como o ar comprimido de dentro da garrafa tem a tendência de igualar-se à pressão atmosférica, este impulsiona a água pela saída da garrafa, movimentando-a em sentido oposto. O foguete atinge velocidade de até 100 km/h e grandes altitudes.





Written by 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *