Com medo da dengue, moradores pedem que lagamarenses não jogue lixo em lotes vagos




A dengue preocupa a todos. Não somente moradores, mas o setor público que vê a cada dia os números aumentando.

A forma de prevenção é simples, mas muitos a ignoram. Deixar água parada em recipientes que possar ser criadouros do mosquito Aedes Aegypti é situação que deve ser totalmente evitada.



Em Lagamar moradores da Rua Goiás, no bairro Cruzeiro, próximo a uma creche municipal, pedem que a população não jogue lixo nos terrenos vagos, pois este material está acumulando água e deixando moradores preocupados. A Prefeitura fará limpeza do local.

Até o momento (dados atualizados em 27/02/2019), foram notificados 31 casos prováveis (2 casos confirmados em lagamar + 13 casos negativos + 16 casos em análise) de Dengue.



Em relação à Febre Chikungunya foi notificado 1 caso provável (em análise). Já em relação à Zika foi notificado 1 caso suspeito da doença, este obteve resultado negativo pelo laboratório da FUNED.

O perigo é para todos. O combate também. Faça sua parte e converse com seu vizinho sobre a importância de combater o mosquito Aedes aegypti. Elimine os focos, com o Aedes não se brinca.



Com esse tempo de chuva agora , e sempre bom dar uma olhada nos quintais até mesmo uma tampinha vira foco do aedes .







Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *